AMPRO quer fazer DR entre clientes e agências

A AMPRO – Associação de Marketing Promocional iniciou um movimento nacional pela mudança definitiva nas condições de contratação das agências de Live Marketing por parte dos clientes. Motivada pela crise do coronavírus, que prejudicou diretamente mais de 70% do mercado, segundo o último levantamento feito pela Entidade, a AMPRO assina campanha que convida clientes a discutirem a relação com as agências, com a repercussão da #jobEntreguejobPago. O movimento conta com adesão e apoio da ABAP – Associação Brasileira de Agências de Publicidade, da Fenapro – Federação Nacional das Agências de Propaganda e do GAN – Grupo de Atendimento e Negócios.

O texto, que começou a circular na última segunda-feira (27), diz que “concorrências não remuneradas, contratos sem garantias, sem compromisso de faturamento anual e com prazos de pagamento de 60, 90, 120 dias tornam a manutenção das estruturas necessárias para a viabilização das estruturas de Live Marketing insustentável”.

“Mudar esse cenário das relações entre clientes e agências tornou-se vital para o mercado. Depois do covid-19 as agências ficaram descapitalizadas para bancar prazos mais elásticos ou concorrências não remuneradas com mais de quatro agências. A boa notícia é que as maiores empresas do Brasil já estão sensíveis e dispostas a estabelecer práticas mais sustentáveis na retomada das ações”, afirma o presidente executivo da AMPRO, Alexis Pagliarini.

Nas últimas semanas, a Entidade já tem promovido aproximação amigável com grandes marcas para expor a situação, com retornos positivos. “As empresas estão entendendo que, se não houver mudanças agora, as agências podem concluir que não conseguirão se manter sustentáveis e começar a expor as marcas que não adotam boas práticas, trazendo consequências negativas”, informa.

As ações da AMPRO por relações mais sustentáveis clientes e agências no Live Marketing não são novas. Para inibir os modelos de concorrências consideradas predatórias, há 8 anos a AMPRO lançou a campanha “4 or Pay”, com orientação para que os clientes convidem até quatro participantes para a disputa ou remunerem a participação do grupo. Como extensão, surgiu, na sequência, o canal Fala Mais, para a troca sigilosa de experiências com práticas predatórias ou sustentáveis do mercado, com intervenções da AMPRO por meio do envio de recomendações nos casos mais críticos.

Milhares de profissionais e centenas de empresas foram também impactados em todo o país com iniciativas como o Dia AMPRO, que disseminou as boas práticas dos Dez Princípios de Valor sugeridas pelo seu Comitê de Sustentabilidade durante os Workshops de Valor, além de outras iniciativas, como Guia de Melhor Prática de Seleção de Agências e Guia ABA de Boas Práticas do Relacionamento, em parceria com a Associação Brasileira de Anunciantes.

“Desta vez, a DR precisa ser pra valer”, alerta Pagliarini.

Informações para imprensa

Be On Press

Camila Barini
camila@beonpress.com
(11) 98478-3776

Fechar Menu