Night of Light – O mercado de eventos pede socorro

Três de julho de 2020, Belo Horizonte.

Nesta sexta feira, a partir das 19 horas, o Grupo Movimenta-se, aderindo a campanha mundial Night oh Light, vai iluminar pontos estratégicos da cidade de Belo Horizonte, com objetivo de chamar atenção para o setor de eventos e entretenimento que tanto sofre com a pandemia ocasionada pelo Covid-19.

O Mercado de Eventos clama por socorro. Sem qualquer previsão de retomada, o mercado que envolve feiras, congressos, eventos sociais, corporativos e culturais vive uma situação dramática. Além de ter sido o primeiro mercado a congelar suas atividades, é grande responsável pela cadeia econômica haja vista cooperar anualmente com movimentações em bilhões de reais e produzir, direta ou indiretamente, milhares de empregos.

Diante do cenário caótico, o grupo Movimenta-se – formado por promotores e organizadores de feiras e congressos, empresas e produtores de eventos, fornecedores do setor, gestores de centros de convenções, teatros, espaços de festas, estádios e museus e entidades do setor – aderiu a ação mundial que vislumbra a iluminação de casas de eventos e prédios com relevância social. A ação que fez grande sucesso na Alemanha, já fez adeptos em outros locais do mundo, inclusive no Brasil, no estado de São Paulo.

A ideia central é iluminar, com a tonalidade vermelha, os espaços festivos e culturais que entendam o drama vivido pelo setor e conduzam apoio à causa. Não por acaso, a cor escolhida faz analogia a ausência de eventos que, infelizmente, deixa todo o setor “no vermelho”. A ação, como pedido de socorro econômico e social, pretende alcançar a sensibilidade dos órgãos competentes, dos políticos atuantes e do Governo já que inúmeros são os empregos e pessoas que dependem desse setor.

“O intuito é simbolizar também a paixão e o amor dos profissionais por esse setor, que movimenta a emoção do ser humano e se torna vital como recurso social. Através dessa ação, a gente quer levar alegria, cultura e sensibilizar a quem estiver por perto”, afirma Juliana Freitas, proprietária de um cerimonial de eventos e uma das organizadoras da ação.

É de importância máxima enaltecer a preocupação do grupo com a retomada segura para o setor. Frisa-se, ainda, que o mesmo se sensibiliza integralmente com todas as famílias que, de alguma forma, estão a viver situações de infelicidade pelo cenário gerado pela pandemia, sobretudo aqueles que perderam entes queridos.

O objetivo claro deste ato é conduzir a atenção do Setor Público para as dificuldades enfrentadas pelos profissionais do ramo, promover um diálogo efetivo que consiga integralizar políticas de enfrentamento para o caos instaurado no setor de eventos.

Desde o início desta sexta-feira, o grupo vem movimentando as redes sociais usando as hashtags #osetordeeventospedesocorro e #nightoflightbh. Ademais, entre 19h e 22h, de forma segura e seguindo seus protocolos de segurança, locais como Estádio Mineirão, Das Haus Eventos, Buffet Catharina – na avenida Raja Gabaglia, Museu Inimá de Paula, Ouro Minas Palace Hotel, Teatro Minas Tênis Clube, Agência Panda Inteligência em Eventos na Savassi, sede da GWL na Serra, sede da MG MKT no Floresta, sede da BHCVB no Funcionários, Casa Bernardi, CDL e Miriam Maia Casa de Festas serão iluminados por profissionais técnicos do ramo, promovendo a Night of Light BH.

Outras cidades da RMBH também são adeptas ao movimento e espaços como o Aeroporto Internacional Tancredo Neves – em Confins, Actuall Hotel e Centro de Convenções em Contagem, a rede Caravaggio (Jardim Canadá, Vale do Sereno, Vale dos Cristais e Aeroporto) contarão com a iluminação especial.

Vale lembrar que o grupo Movimenta-se tem se organizado em prol da retomada do setor de eventos e recentemente apresentou à prefeitura de Belo Horizonte o Protocolo de Segurança em Saúde e Higiene para Eventos, para a retomada segura dos mesmos, de forma gradual. E já na próxima quinta-feira, dia 07 de julho, irá apresentar oficialmente ao Governo do Estado de Minas Gerais. O protocolo tem ganhado força e já fora disseminado também para outros estados, servindo de inspiração para novas condutas de outros setores.

Todavia, mesmo com a elaboração do documento que cuida detalhadamente dos aspectos para uma retomada de atividades segura, não há qualquer previsão sobre este retorno, tampouco um apoio estabelecido do Setor Público para iniciar esse planejamento. Assim sendo, com pesar, o mercado de eventos continua refém da situação, perdendo diariamente força da cadeia produtiva que sucumbiram ao desamparo governamental e não resistiram ao “caos vermelho”.

Fechar Menu